Carro Novo ou Usado? Saiba Qual é Melhor para Você

Veja dicas especiais para escolher entre um carro novo ou usado, e saiba qual deles compensa mais…

Todo mundo quer subir na vida. E infelizmente, para isso acontecer, são necessários certos esforços para adquirir bens que vão oferecer benefícios a curto, médio e longo prazo. E o carro é um desses bens. Considerado luxo para uns e indispensável para outros, a verdade é que um carro pode fazer muita diferença na vida de uma pessoa.

Se você é uma dessas que considera um veículo algo importante, mas ainda não tem nenhum, provavelmente já se perguntou se para você seria melhor um carro novo ou usado. Se esse é o seu caso, essa matéria foi preparada especialmente para você.

carro novo ou usado tracker

Carro novo ou usado?

Carro novo ou usado? Qual é melhor?

A primeira coisa na hora de escolher entre um veículo novo ou usado é saber qual a sua experiência com carros. É claro que aqui estamos considerando há quanto tempo você dirige, mas também é preciso considerar quanto você entende de mecânica, se é uma pessoa atenta a fazer a manutenção periódica, se cuida das suas coisas para ter certeza de que o carro está limpo, e por aí vai.

Se você não manja nada de mecânica, mas gosta das coisas limpas e em ordem, um carro novo talvez seja a melhor opção. Com ele, a chance de você ter problemas mecânicos é bem baixa e, fazendo as manutenções periódicas, ficará anos sem precisar se preocupar com nada.

Já se você consegue resolver os problemas do carro – ou, pelo menos, identificá-los -, a melhor opção pode ser um carro usado, já que ele exigirá experiência e confiança por parte do seu motorista.

Quer pagar quanto?

Entre o carro novo ou usado, o preço faz bastante diferença. Um veículo zero sairá da concessionária já se desvalorizando e, a cada ano, passará a ter esse problema cada vez mais.

Já o carro usado tende a ter um valor mais baixo, vir com acessórios mais vantajosos e ainda ter opção de negociação. Ainda assim, ele também sofre de depreciação e, dependendo do ano do possante, saiba que você tem chance de se tornar o seu último dono. É claro que a desvalorização é menor, mas, ainda assim, a chance de você vender o carro pelo preço que comprou será praticamente nula.

Conclusão

Se você quer evitar dores de cabeça com eventuais problemas mecânicos, e não liga muito para a desvalorização do veículo, então o carro novo pode lhe ser um bom negócio. Por outro lado, se você prefere um veículo com alguns opcionais a mais – pelo mesmo preço, e não se importa muito com um eventual desgaste das peças do veículo, pode ir de carro usado sem medo.

Em ambos os casos, sempre procure a opinião de amigos e familiares, além de mecânicos e sites/blogs especializados. Assim, você diminuirá e muito as chances de ter algum problema no futuro.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *